Cadastre-se Entrar
   
                                                     Nós fazemos por você !
Ações, Reações E Confusões
É impressionante como as pessoas reclamam umas das outras no que tange ao comportamento. Se você trabalha com pessoas, uma, duas, três ou mais, tenho certeza ...
Luciano Muchiotti Saiba mais
É impressionante como as pessoas reclamam umas das outras no que tange ao comportamento. Se você trabalha com pessoas, uma, duas, três ou mais, tenho certeza que já ouviu um colega se referir a outro através de reclamações, queixas ou algo parecido. Tente se lembrar, no fundo no fundo até mesmo você já reclamou de algum colega em algum momento.

Não se trata de uma grande descoberta, mas isso acontece com muita freqüência e as pessoas não se atentam para esse fato.

Muitas vezes quando se dão conta as pessoas já estão falando do colega. Algumas vezes fica no nível de pensamento, pensa, mas não fala. Outras vezes pensa, reclama e acaba compartilhando com aquele colega que tem mais afinidade. A maneira que a paciência vai se esgotando, esse fato é potencializado, ao ponto de tornar o ambiente ruidoso e surgem as reclamações.

Os extremos ficam por conta do momento em que a reclamação é tão forte que por vezes acabam entrando nas particularidades com o colega e a discussão toma conta do ambiente de trabalho. Resultado: descontrole total que magoa, afastam os colegas e muitas vezes não há cura, a mágoa perdura para sempre.

Tenho certeza absoluta que não é fácil resolver questões como essa. Se fosse fácil não aconteceriam aos montes nas empresas, afinal é do ambiente de trabalho que me refiro.

Muitas discussões surgem por atos, ações e comportamentos. Cada qual pode ser negativo, precipitado, desonesto, agressivo, inadequado etc.

Ou seja, por dezenas de motivos pode haver desentendimentos. Mas o que fazer se esse fato ocorre com tanta freqüência? Compartilho então algumas dicas que poderão ser utilizadas no dia-a-dia quando estiver nessa enroscada.

  1. Conhece-te melhor. Nada melhor do que saber o que lhe incomoda e causa desconforto;
  2. Sempre observe ao seu redor. As pessoas quando vão iniciar uma fofoca ou vão falar de outrem, normalmente vão se aproximando aos poucos, até que você de atenção;
  3. Pense antes de reclamar. Mantenha esse desconforto a nível de pensamento e faça uma analise minuciosa, pois quando tornar público poderá ser tarde;
  4. Seja observador. Observe as pessoas. Saberá quem está à frente dos problemas e poderá se distanciar com elegância;
  5. Tenha discernimento. Se por acaso acabou ouvindo reclamações de alguém, saiba separar o joio do trigo;
  6. Seja franco. Foi abordado por alguém que está prestes a descarregar um monte de bobagens e reclamações? Com toda fineza, diga a ela que está muito ocupado com seus afazeres e saia pela tangente;
  7. Mantenha-se atento. Lembre-se do item 1. Perceba se não é você que dá início a fofocas e reclamações.

Não pretendo esgotar as possibilidades de estratégias para situações como essa. Deixo apenas uma contribuição, baseado em experiências e teorias. Na prática, com um pouco de discernimento conseguirá se sair muito bem.

       Leia também!      
 
 
Sobre a empresa
História
Valores
Missão
Dirigentes
Serviços
Últimos Artigos
Fale Conosco