Cadastre-se Entrar
   
                                                     Nós fazemos por você !
Líder sabe porquê, gestor sabe como
Vale aqui lembrar o artigo do professor da FIA Eugênio Mussak na Revista Você S/A de outubro de 2008, onde diz: O gerente e o líder...
Luciano Muchiotti Saiba mais
Vale aqui lembrar o artigo do professor da FIA Eugênio Mussak na Revista Você S/A de outubro de 2008, onde diz: O gerente e o líder (ou vice-versa).

A liderança tem sua importância no mundo organizacional, além de ser um tema muito comentado e estudado. O papel do líder ganhou seu espaço, mesmo para aqueles que contrariem isso, não dá para negar mais, chegou para ficar. Não sabemos afirmar por quanto tempo vai durar, e não se sabe quem serão os substitutos dos lideres num futuro próximo.

Mesmo assim, insisto em dizer que não tenho dúvida de sua importância. O artigo do professor traz uma reflexão interessantíssima sobre a posição do líder e a posição do gerente.

Como um divisor de águas, líder e gestor tem focos diferentes, diria, preocupações e responsabilidades diferentes.

Quando falamos de liderança, o que vem a cabeça? Máquinas, equipamentos ou pessoas? O líder é para ser seguido, grosseiramente falando. Obviamente, máquinas e equipamentos não são capazes de tal condição. Tenho a certeza que existem exceções, mas para essa discussão o gestor tem seu foco voltado para a produção, o resultado final do processo, são os conhecimentos técnicos a serviço da produção.

Dessa forma, temos pessoas que cuidam de pessoas, e temos pessoas que cuidam de equipamentos bem como seu perfeito funcionamento, assim como da produção.

Vejam que é por isso que existem as duas funções, senão não haveria espaço para ambos.

Vamos pensar em uma fusão. Pessoas que cuidam de pessoas e que também cuidam da produção. Uma química com futuro belíssimo pela frente.

Enriquecendo o artigo do professor, a evolução dos gestores é justamente essa, ou seja, ter também o foco nas pessoas.

Em outra oportunidade comentei que as máquinas, pelo menos em sua grande maioria não são capaz de produzir por conta própria. É isso, não dá ter um negócio sem pensar nas pessoas, esse é um modelo de gestão. São como um conjunto de engrenagens interdependentes a tal ponto que se retiramos uma delas, todo o processo estará comprometido.

O que muitos profissionais não percebem é que não dá pra ter somente uma das qualidades acima, ou seja, ser somente gestor e somente líder. Se o conceito de evolução está atrelado ao futuro, não evoluir significa decair.

Desejo que consiga uma boa química.

       Leia também!      
 
 
Sobre a empresa
História
Valores
Missão
Dirigentes
Serviços
Últimos Artigos
Fale Conosco